7 de junho de 2010

" Ao Encontro dos Avós "

No âmbito do projecto “Ao encontro dos Avós” a Biblioteca do Centro Escolar de Tarouca levou os meninos dos 4ºAnos ao lar da Santa Casa da Misericórdia.
A BE pretendeu com este projecto mimar os mais idosos, mostrar que não são esquecidos e procurar encorajar os mais jovens, a descobrir o prazer, hábito e gosto pela leitura.
A turma do 4ºA foi a primeira a surpreender os chamados “Avós” deste projecto, apresentando uma pequena dramatização da história “Os presentes do Pompeu”, extraída do livro “Aventuras em casa do avô”. Vestidos a rigor, num pequeno palco, improvisaram um jardim, pertença dos avós do pequeno coelho Pompeu, nesse cenário criou-se um momento de magia e de ternura, onde a avó terminou dizendo, também já fui criança um dia…



Free website - By Wix.com

Os alunos do 4ºC apresentaram um teatro de fantoches, iniciativa e criatividade apresentada pela primeira vez em ambas as partes.
A peça de teatro tinha uma moral muito importante nos dias que correm, “Quem tudo quer tudo perde”.
Uma pequena princesa aparece num castelo, e o inocente Joanão apaixonado pela mesma dá-lhe o seu mais valioso tesouro, uma moeda de ouro, daqui se desenvolve todo o enredo, baseado na peça “Joanão e a Joaninha”.



Free website - By Wix.com

Através da leitura de um conto do livro de Alexandre Parafita, a turma do 4ºD, presenteou os idosos, com uma dramatização “O Homem e as vozes dos pássaros” do livro “Lobos, raposas, leões e outros figurões”. Os meninos desta turma improvisaram vozes de animais, onde a natureza e a realidade se misturou…




Free website - By Wix.com
No final de cada encontro, os idosos cantaram músicas da sua geração para os alunos, e as nossas crianças retribuíram com outras canções.
A Santa Casa da Misericórdia, como prova de gratificação ofereceu um lanche a todos que fizeram o favor de se deslocar ao espaço.
A interligação das gerações faz deste mundo um elo de paz e de amor…
As crianças deram momentos de ternura, mas trouxeram momentos de muito carinho por parte daqueles que também já foram crianças um dia.

0 comentários:

Enviar um comentário